Airfix
Product ID: 1947
Product SKU: 1947
Westland Sea King HC.4 - 1/72 - Airfix A04056

Westland Sea King HC.4 - 1/72 - Airfix A04056

Estoque: 0 Marca: Airfix Referência: A04056

Na compra desse produto ganhe 27 pontos Blimps Fidelidade

Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível

Kit para montar fabricado na Índia pela Airfix na escala 1/72. Não contém o material para montagem (cola, massa putty e tinta). Imagens e fotos meramente ilustrativas. Aparência e características do produto dependem de como ele é montado.

Opções de decalque:
- Westland Sea King HC.4, N° 848 Naval Air Squadron, Commando Helicopter Force, Royal Naval Air Station Yeovilton, Somerset, England, 2009;
Westland Sea King HC.4, N° 848 Naval Air Squadron, Commando Helicopter Force, Royal Naval Air Station Yeovilton, Somerset, England, 2011.

Denominado pela Sikorsky como S-61, o SH-3 Sea King é um helicóptero naval de médio porte utilizado em missões de transporte, busca e salvamento, guerra anti-submarina ou anti-superfície. Também foi fabricado sob licença por Agusta, Mitsubishi e Westland. Foi substituído na Marinha do Brasil pelo Sikorsky SH-60 Sea Hawk, versão naval do UH-60 Black Hawk. A Marinha do Brasil recebeu quatro SH-3D dos EUA em 1970 e outros dois da mesma versão foram recebidos em 1972, sendo que dois deles foram perdidos em acidentes. Quatro ASH-3H, com capacidade para disparar o míssil AM-39 Exocet, foram adquiridos da Agusta em 1984 e os quatro primeiros foram enviados à Itália para serem modificados para o padrão ASH-3H, sendo que um deles, designado pela Marinha do Brasil como SH-3A, foi perdido em um acidente. Finalmente, em 1996 a Marinha do Brasil adquiriu seis SH-3H usados da US Navy, que receberam o sonar AN/AQS-18(V), muito superior aos utilizados nos SH-3A. Estes modelos foram designados pela Marinha do Brasil como SH-3B. Dois SH-3D foram recebidos como fonte de peças de reposição. Os Sea King foram produzidos entre 1959 e 1970. Seu primeiro voo foi realizado em 11 de março de 1959. A aeronave entrou em serviço em 1961. Adequado para a guerra anfíbia e inserção tática de tropas terrestres, o "Commando" era uma versão importante do Sea King. Inicialmente foi proposto como uma aeronave de transporte tática para a Força Aérea Egípcia para a qual a capacidade anfíbia dos Sea King anteriores não era necessária e, portanto, os flutuadores laterais foram retirados. Com rotores e cauda dobráveis, o "Commando" entrou em serviço na Royal Navy como Sea King HC.4. Podia ser equipado com radar de avisos e dispositivos de interferência de infravermelho, além de dispositivos de flares M130/M147 como contramedidas. Além das tropas, podia ser adaptado para transportar cargas de até 2,5 toneladas. O alcance e a capacidade de transportar uma tropa de até 28 soldados, o tornaram ideal para o transporte anfíbio. O HC.4 esteve em serviço nas guerras das ilhas Falklands (também conhecidas como Malvinas), Balcãs, Golfo, Líbano e Afeganistão, Muitas vezes foi utilizado para evacuar pessoas feridas e refugiados, além de preparar e apoiar os avanços no solo. Foi substituído pelo Sikorsky SH-60 Seahawk.

Número de peças: 140
Idade mínima: 14 anos

Comprimento: 30,7 cm
Diâmetro do rotor principal: 26,2 cm

Cores de referência: 14, 18, 33, 34, 53, 60, 64, 85, 86, 96, 127, 164 e 165
Nível: 3

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


    Confira também